• Qualis - Comunicação

SAIBA MAIS SOBRE: PÁTRIA CHAMADA AMOR (Lançamento da Qualis)

Mais uma história linda chegando na área! Desta vez, da diva Marcia Rubim!

Vamos conhecer mais?

1. Por que a escolha do título? R: Para provar que o verdadeiro lar de todos é onde mora o nosso coração! S2

2. Cinco músicas de playlist: * Let Me Down Easy – Billy Currington * She´s Got a Way With Me – Billy Currington * Just Got Started Lovin’ You – James Otto * God Gave Me You – Blake Shelton * All Of Me – John Legend

3. O que a inspirou a escrever a história? Primeiro, porque até então nunca tinha visto um romance envolvendo um militar brasileiro, sobretudo com cenas dentro do quartel e utilizando jargões verossímeis (etc.). E, segundo, porque ouvi um relato de um sobrevivente que integrava a Missão de Paz no Haiti por ocasião do terremoto de 2010, e fiquei tocada com a emoção e a humanidade que moveu tanta gente a se unir e ajudar nas buscas dos seus companheiros desaparecidos.

4. Elenco dos sonhos: (Escolhi apenas atores brasileiros ;) )

Cristiano Vicenzo: Anderson Tomazini

Nina: Pâmela Tomé

5. Cena favorita: (A carga emocional desta cena rivaliza com a doçura desse reencontro de almas. Amo! S2 )

“As mãos hesitaram e tremeram ao girar a chave no miolo da fechadura da porta. Aquilo só podia ser uma alucinação. Não, não era. Ele estava ali, sentado na mureta da varanda da casa, com um machucado feio na base do pescoço e algumas pequenas escoriações, principalmente nas mãos. Suas roupas aparentavam umidade pela chuva que há pouco caía e a calça bege estava suja na região dos joelhos. Jesus! O que foi que aconteceu? — Christiano? O chamado o fez se aproximar de mim em câmera lenta, com notada desconfiança, como se duvidasse de uma miragem. Ainda assim, ele não se furtou de testar. Elevou em câmera lenta a mão machucada no punho até a minha face e a acariciou, parecendo hipnotizado. O mesmo acontecia comigo, sem ação diante do susto e da nostalgia, completamente atraída pela ternura sôfrega daquele olhar. Aquele simples toque suave na minha pele foi capaz de anular meus pensamentos, a ponto de nem me dar conta de que estava de camisola do lado de fora da casa. Em algum nível inconsciente, sabia muito bem que deveria contê-lo. Necessitava, aliás. Desesperadamente. Mas sucumbi no instante em que o calor daquela boca alcançou meu pescoço e fui escorada contra a parede. Perdi o ar, imersa num delírio extasiante. Eu só conseguia me concentrar na sensação mágica que era ter suas mãos fortes me tracionando com vontade contra o seu corpo rígido, no som da sua respiração ofegante, naquela bolha elétrica que nos envolvia toda vez que nos aproximávamos. — Tão linda... — sussurrou ao meu ouvido, cálido. — Adoro seu cheiro, guria... A mesma pulsação acelerada, o entorpecimento interno, o fraquejar das pernas, as tais borboletas no estômago. Absolutamente tudo voltou, suprimindo a voz da razão. De alguma forma ele furou meus bloqueios. Eu não me sentia mais no comando, era como se o corpo tivesse reprogramado a senha de acesso. Somente fechei os olhos na expectativa de receber o tão aguardado beijo, deixando o desejo contido se libertar...”


6. Quotes “— Já reparou o que acontece quando jogamos uma pastilha de antiácido efervescente na água? — indaguei, simulando segurar um copo e fazer o ato em si. — Ela se dissolve rapidamente, assim como as palavras ditas da boca para fora. Pronunciar “eu te amo” não significa nada— frisei —, qualquer um pode dizer. As ações, sim, refletem a nossa verdadeira essência. Sua atitude de hoje, ou melhor, a de sempre, só faz confirmar que nunca daríamos certo; água e óleo não se misturam. “ (Nina)

“Aprender táticas de combate me ajudou a estudar o oponente, a antecipar suas ações, a usar o elemento surpresa e a suprimi-lo, mas não me ensinou a lidar com a batalha interna, uma guerra na qual eu mesmo puxei o pino da granada e agora não encontrava meios de me salvar da detonação.” (Vicenzo)

“ A droga de enfrentar um homem preparado para a guerra era que, se ele não se intimidava nem com tiros de bazuca, imagine com palavras” (Nina)

“— Minha verdadeira pátria é o seu amor, Nina. Você é o chão onde quero fincar raízes, plantar as sementes e colher os frutos. É o teto que me abriga das tempestades, as paredes que me sustentam de pé e o lar onde meu coração deseja morar para sempre.” – (Vicenzo)


MÉTODO DE ENVIO:           INSTITUCIONAL:               EXTRAS                              FALE CONOSCO                   SIGA-NOS:

 

                                                  Home                             Vale presente            Contatos

                                         Publique                         Minha conta             Devoluções

                                         Autores                                                            Entrega e Trocas

                                         Loja                                                               

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Blogger - Black Circle

© 2008 - 2019 by Qualis Editora e Comércio de Livros Ltda - Todos os direitos reservados. 
CNPJ: 09.644.361/0001-45