• Qualis | Comunicação

Romantização de Mocinhos Abusivos


Decidi vir falar deste tema, por mais assustador que ele seja, ao menos para mim, por causa do bafafá em cima da série da Netflix, a You.

Basicamente, a série conta a história de um stalker, que persegue a mocinha do início ao fim, matando pessoas ao redor dela, sequestrando-a... ou seja, um louco. Eu ainda não vi a série, mas me deparei com várias pessoas romantizando a questão, APAIXONANDO-SE pelo personagem insano e culpando a vítima (Oh, que novidade).

Mulheres chegaram a enviar mensagens ao ator principal, pedindo que eles a sequestrasse. Preocupado, ele chegou a falar sobre isso, lembrando à pessoa que seu personagem é um ASSASSINO. Mas isso parece ficar de lado, porque ele é bonito, tem pegada e é extremamente apaixonado. Se é que isso pode ser chamado de amor.

Repito: o fato de eu ainda não ter assistido à série, poderia tornar este meu relato um pouco tendencioso, então, por isso, isso aqui não será uma resenha da produção, mas um desabafo.

Uma das coisas que eu mais odeio ouvir de crítica do meu livro - e olha que eu não me incomodo nem um pouco que apontem onde eu estou errando, pelo contrário - é quando falam que meus mocinhos são bonzinhos demais. E olha que todos eles têm defeitos, porque eu nunca crio pessoas unidimensionais. Só que as meninas de hoje realmente curtem um bad boy. Elas gostam do cara que maltrata, que tem problemas tão pesados no passado que ele desconta na mocinha. Gostam de quem trai, quem toma posse, quem stalkeia. Gostam até de quem estupra. Sim, você não leu errado. Há livros em que o mocinho literalmente estupra a mocinha, mas tudo é perdoado, porque ele se redime.

Ah, que coisa linda!

Não. Não é lindo. Não é romântico.

O fato de o mocinho ser lindo, rico, ser bom de cama e encher a mocinha de presentes não muda em nada seu comportamento. Ele ainda é um merda (com o perdão da palavra). E me desculpem minhas leitoras, eu não tenho intenção de criar homens merda. Não quero vender o sonho de que alguém que te faz tanto mal, pode ser o certo.

Preocupa-me que menininhas de 14, 15 anos estejam lendo livros onde homens possessivos, vingativos e sombrios demais sejam enaltecidos. Preocupa-me que quando encontram um mocinho que realmente trata bem sua mocinha, que não quer magoá-la, elas comentem que ele é "bonzinho demais". Tenho medo que essas meninas se apaixonem por um cara errado, achando que tudo irá acontecer como no livro - a tão malfadada redenção do cafajeste - e que terminem verdadeiramente machucadas.

Bem, gente, era só um desabafo. Ainda vou assistir à série YOU, e assim que tiver um veredito sobre ela, trago aqui para vocês.

Até a próxima!

#Abuso #RelacionamentoAbusivo #Discussão #You #Netflix

MÉTODO DE ENVIO:           INSTITUCIONAL:               EXTRAS                              FALE CONOSCO                   SIGA-NOS:

 

                                                  Home                             Vale presente            Contatos

                                         Publique                         Minha conta             Devoluções

                                         Autores                                                            Entrega e Trocas

                                         Loja                                                               

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Blogger - Black Circle

© 2008 - 2019 by Qualis Editora e Comércio de Livros Ltda - Todos os direitos reservados. 
CNPJ: 09.644.361/0001-45