• Qualis | Comunicação

Dia da Toalha ou do Orgulho Nerd?


Se você é nerd, provavelmente entende a importância do dia 25 de maio, não importa se você prefira considerar como Dia da Toalha ou Dia do Orgulho Nerd. Embora haja controvérsias a respeito de qual das duas comemorações é mais significativa – ou mesmo real e oficial – não podemos ignorar a força de ambas as representações. Porém, se você anda meio confuso com toda essa coisa de orgulho nerd, toalhas, número 42 e o que diabos tudo isso tem a ver com o dia 25 de maio, não entre em pânico! Aqui vai um guia bem rapidinho para entender tudo isso.

Toalha

O escritor britânico Douglas Adams faleceu aos 49 anos no dia 11 de maio de 2001. Ele é o autor de uma das obras mais amadas pelo público Geek, além de uma das principais referências pop do século XX: O guia do mochileiro das galáxias. Após a sua precoce partida, ficou nos fãs a necessidade de se eleger um dia do ano para celebrar a sua obra. Daí veio a dificuldade de se chegar a um consenso sobre a data. Acabou sendo escolhido o 25 de maio, um dia qualquer, sem qualquer correlação direta com a vida do autor ou com sua obra. E o fato disso não fazer qualquer sentido é o que acabou dando ainda mais sentido à data. Confuso isso? Não para os fãs. Uma das marcas dos enredos de Douglas Adams era exatamente a aleatoriedade. Ele provavelmente teria aprovado a data eleita.

Tá, mas e a toalha?

A toalha é uma das principais referências da série O guia do mochileiro das galáxias, de Douglas Adams. Segundo a obra, a toalha é uma das ferramentas mais complexas já inventadas. As explicações a isso estão no capítulo 3 do primeiro livro da série:

A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você -estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc, etc. Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.

Certo, e sobre o segundo significado da data?

Foi também em um dia 25 de maio, em 1977, que Star Wars foi exibido pela primeira vez. Tal coincidência foi percebida em 2006, na comemoração de 29 anos de tal estreia. Porém, como o Dia de Star Wars já é mundialmente comemorado no dia 4 de maio por conta do trocadilho “may the force be with you” (como eu expliquei neste post aqui), a comunidade geek optou por ampliar a abrangência do dia 25 de maio, transformando-o no Dia do Orgulho Nerd.

Obviamente, um dia que celebra dois títulos tão importantes da cultura pop não pode deixar de ser comemorado. Então, não esqueça a sua toalha e tenha um ótimo dia!

Até mais, e obrigado pelos peixes!

Luciane Rangel é escritora, autora dos livros Destinos de Papel e Contando Estrelas, publicados pela Qualis Editora.

Leitora tracinha, dobradora de papel, geek, dorameira, jedi, lufana, além de Sailor nas horas vagas.

#DouglasAdams #Oguiadomochileirodasgaláxias #Starwars #Orgulhonerd #Toalha #42

MÉTODO DE ENVIO:           INSTITUCIONAL:               EXTRAS                              FALE CONOSCO                   SIGA-NOS:

 

                                                  Home                             Vale presente            Contatos

                                         Publique                         Minha conta             Devoluções

                                         Autores                                                            Entrega e Trocas

                                         Loja                                                               

© 2008 - 2019 by Qualis Editora e Comércio de Livros Ltda - Todos os direitos reservados. 
CNPJ: 09.644.361/0001-45