• Qualis | Comunicação

Ah, mas o autor só ganha 10%?


Quem realmente lucra com livros no Brasil? Esta é a pergunta que muitas pessoas devem se fazer quando pensam em um dia viverem de literatura, seja editando obras, seja escrevendo-as ou abrindo sua própria livraria.

Em várias conversas com outros autores, escritores iniciantes fazem a derradeira pergunta: "Mas quanto a editora paga para o autor de direitos autorais?". Sempre que a resposta é dada, testemunhamos caras de espanto, de desdém e de indignação. "Ah, mas o autor tem todo o trabalho de escrever o livro e só ganha 10%? Isso é uma exploração! Por isso as editoras estão ricas".

Engano seu, pequeno Padawan! Tem outros ratinhos que pegam fatias bem maiores deste queijo. E neste artigo iremos explicar mais ou menos como funciona o mercado editorial brasileiro.

Para calcularmos mais ou menos como se dá um preço de capa, precisamos usar alguns números hipotéticos, ok? Mas vamos lá.

O que mais chama a sua atenção quando você está em uma livraria? Uma bela capa, certo? Ok. Vamos colocar o primeiro custo para a edição de um livro: R$400,00 (em média). A gente sabe que tem muito profissional por aí cobrando bem menos, mas varia em torno disso mesmo.

Em seguida, revisão de texto. Sim, esta é uma parte muito importante da edição do livro. Muitas editoras contam com seus profissionais internos, mas a maioria opta por terceirizar. O valor de revisão depende do tamanho do texto, mas vamos imaginar um livro com 200 páginas. Pelo preço que tem se cobrado no mercado, teríamos um custo de R$500,00 (também em média).

Diagramação - mais uns R$300,00.

E então vem a gráfica. Vamos colocar uma tiragem mínima de 1000 exemplares. Um livro de 200 págs? Vou calcular por baixo aqui uns R$7000,00.

Ou seja, os gastos para que um livro fique prontinho na sua mão somam um total de: R$8.200,00.

Sim. Isso tudo.

Depois que o livro já está impresso e começa a ser vendido, ele precisa ir para as livrarias. Saraiva, Cultura, Amazon, Leitura, Nobel... E sabe quanto estes estabelecimentos cobram para dar um lar temporário a estas obras? Em média 50% do preço de capa. A Saraiva cobra 60%!

Então vamos lá! A editora paga 10% ao autor e 50% à livraria. Ou seja, ela embolsa 40% do valor, sendo que seus gastos com a produção foram de R$8.200,00.

Isso, é claro, sem contar outros tipos de gastos com divulgação, assessoria de imprensa, os exemplares que são enviados gratuitamente para divulgação, transportadora para mandar os livros para as livrarias...

Agora vocês entendem que ser editor não é ficar rico explorando os outros? Nós sabemos que o trabalho de escrever um livro, de pensar em uma história com toda a sua criatividade, dedicar-se a ela e finalizá-la é de um mérito inegável. Sabemos que os autores mereceriam ser mais valorizados, mas este é o mercado que temos.

Quando uma editora tradicional seleciona seu livro em meio a muitos outros, ela toma a decisão de INVESTIR em você. Isso não quer dizer, é claro, que o contratado não deverá acatar absolutamente tudo e se deixar ser enganado, se for o caso de uma empresa não idônea. Porém, compreenda que o autor não é o maior prejudicado, não é a vítima e nem um escravo neste caso. É apenas um profissional, assim como quem está do outro lado da mesa.

#DireitosAutorais #Editora #Livraria #Produçãoeditorial

MÉTODO DE ENVIO:           INSTITUCIONAL:               EXTRAS                              FALE CONOSCO                   SIGA-NOS:

 

                                                  Home                             Vale presente            Contatos

                                         Publique                         Minha conta             Devoluções

                                         Autores                                                            Entrega e Trocas

                                         Loja                                                               

© 2008 - 2019 by Qualis Editora e Comércio de Livros Ltda - Todos os direitos reservados. 
CNPJ: 09.644.361/0001-45