• Qualis | Comunicação

Como eram feitos os livros antigamente


A gente adora pegar os livros, cheirá-los, escolhê-los pela capa, folheá-los... é um amor que não se mede.

Mas você já pensou como é que se fazia para se publicar um livro lá no passado?

Bem, a Qualis trouxe um pouquinho de história para vocês... venham com a gente nesta viagem.

Sabe-se que os primeiros textos escritos pelo homem foram encontrados em tabuletas de pedra e argila, 4 mil anos antes de Cristo, como aquelas onde foram talhados os dez mandamentos. Porém, isso era feito para contabilizar gado ou objetos palaciais.

Mil anos depois já se escrevia em papiros, principalmente no Egito. Era um material muito mais fácil de carregar e manusear, mas também logo foi substituído pelo pergaminho, feito de peles de animais.

Ainda assim, nesta época, era muito raro encontrar uma pessoa que soubesse ler e escrever. Quem tinha acesso aos livros eram padres da Igreja Católica e muitos reis e nobres eram analfabetos.

Pesquisadores apontam que as peças de papiro mais antigas já encontradas foram concebidas há três mil anos antes de Cristo. Para se organizar esses documentos, as folhas de papiro eram pregadas umas às outras formando um único rolo.

Os monges tinham a função de copistas, ou seja, eles eram os responsáveis por transcrever o que havia sido escrito na Antiguidade, como a Bíblia Sagrada, por exemplo.

Com o tempo, o papel foi surgindo, porém, os livros eram materiais caríssimos, afinal, eram escritos à mão, um por um. Foi apenas no século II da era Cristã que os chineses inventaram a técnica de esculpir toda a página de um livro em um bloco de mármore ou de madeira, como se fosse um grande carimbo, assim as cópias começaram a ser feitas mais rapidamente.

Só em 1454 foi que surgiu a prensa, desenvolvida por Johannes Gutenberg, usando chumbo ao invés de madeira, por ser um material mais resistente. E em vez de gravar toda a página de um livro, ele inventou os tipos móveis, ou seja, letras separadas umas das outras, que podiam ser reutilizadas em outras impressões. Assim passou a ser muito mais rápido e mais barato fazer livros, o que foi uma verdadeira revolução.

Claro que o resto da história, vocês já podem imaginar. Com a modernidade surgiu a tecnologia e, consequentemente, os computadores, facilitando cada vez mais a produção de livros, inclusive com os e-books.

E vejam que incrível: o século XX foi responsável por uma literatura histórica superior a de todos os outros séculos somados juntos!

E que continue assim, não é mesmo?

#História #Origemdolivro #livro

MÉTODO DE ENVIO:           INSTITUCIONAL:               EXTRAS                              FALE CONOSCO                   SIGA-NOS:

 

                                                  Home                             Vale presente            Contatos

                                         Publique                         Minha conta             Devoluções

                                         Autores                                                            Entrega e Trocas

                                         Loja                                                               

© 2008 - 2019 by Qualis Editora e Comércio de Livros Ltda - Todos os direitos reservados. 
CNPJ: 09.644.361/0001-45